quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Do post anterior

E quando eu precisar de uma abraço???

Quando eu precisar de um abraço, sim, eu tenho as minhas filhas lindas, que amo mais do que tudo na vida. E sim, tenho tido muitos abraços delas, tão doces, tão profundos, tão sentidos. Elas são o meu rumo, o meu porto, o meu pilar, o amor mais verdadeiro, mais puro e incondicional que pode existir, a minha força, o meu sorriso… as que me empurram para a frente, quando eu quero cair, as que me puxam para cima quando eu estou a enterrar-me, as que me dizem “tu vais conseguir” quando eu não acredito, as que me dizem “vive” quando eu não quero mais… as que sofrem comigo, as que choram comigo, as que não me deixam parar de lutar… as que ainda me fazem sonhar…

Sim, quando eu preciso de um abraço, elas estão aqui…

Obrigada meus amores

Luisa

7 comentários:

  1. E não há abraço melhor que esse, mais puro e sincero!
    E aos pouquinhos tudo vai ficar bem.

    Beijinhos doces :)

    ResponderEliminar
  2. Um abraço de Lisboa
    passa pelo meu blog tenho uma novidade boa para ler
    Beijocas charmosas

    ResponderEliminar
  3. Vá lá, sai daqui mais um abraço. Eu sei que os que tu tens são suficientes, mas fica aqui um suplente :)

    Beijinho e força :)

    ResponderEliminar
  4. É isso Luisa. Esses são abraços sinceros e cheios de amor que nos enchem o coração. Daqui vai também um abraço bem apertado para ti. Força Bj :D

    ResponderEliminar
  5. E que belos abracinhos os nossos filhos nos dão!!!E o apoio deles é fundamental, o resto, o resto vem por acréscimo!
    E os dos amigos vão, por agora virtuais, um grande e big abraço!!!!

    ResponderEliminar
  6. E tão bom que deve ser sentir isso :)

    ResponderEliminar

Vá lá!!! Diz qualquer coisa aqui á menina!! ;))