segunda-feira, 14 de maio de 2012

Leitura

Leitura do momento… chocante… revoltante… inacreditável…

Sultana é o pseudónimo de uma corajosa princesa da Arábia Saudita. Ela é uma das dez filhas da família real mas a sua vida, rodeada de luxo e riquezas inimagináveis, está longe de ser um conto de fadas. No seu país, as mulheres – qualquer que seja o seu estrato social – estão sujeitas à tirania ditada por um fanatismo religioso que promove a poligamia, dá ao homem o poder de castigar cruelmente qualquer mulher e incentiva os casamentos forçados, as mutilações e a violência sexual, as execuções por apedrejamento ou afogamento.
Quando aceitou contar a sua história à jornalista e escritora Jean Sasson, Sultana sabia que estava a pôr em risco a própria vida. Foi conscientemente que abdicou da sua segurança pessoal para denunciar o brutal quotidiano das mulheres sauditas. A sua voz dá-nos a conhecer um mundo no qual a sumptuosidade e a extravagância coexistem com a violência e a barbárie. A princesa partilha connosco a sua intimidade e a das mulheres que a rodeiam: as suas filhas, primas, amigas… mas, na sua franqueza e coragem, ela fala por todas as mulheres.

Autora:
Jean Sasson viveu na Arábia Saudita durante mais de dez anos e, actualmente, vive de novo no sul dos Estados Unidos, de onde é natural. No catálogo da ASA figuravam já as suas obras Sultana – A Vida de uma Princesa Árabe, As Filhas da Princesa Sultana e Deserto Real, todas elas best-sellers internacionais.

Luisinha

4 comentários:

  1. Este ainda não li, mas o tema é forte sem dúvida.
    :)

    ResponderEliminar
  2. ainda nao li, mas julgo ser do genero de :vendidas de queimada viva
    kis :=(

    ResponderEliminar
  3. Inacreditável como em pleno século XXI ainda se trata assim as mulheres!

    ResponderEliminar
  4. Já li esse livro há uns anos e fiquei angustiada.E ela é uma princesa,agora imagina as do povo...

    ResponderEliminar

Vá lá!!! Diz qualquer coisa aqui á menina!! ;))