segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Homossexualidade e filhos…

 

Há uns tempos atrás, eu não aceitava a homossexualidade. Bem, não seria bem não aceitar, era mais não entender, sempre tive o maior respeito pelos homossexuais, mas era daquelas coisas que me faziam uma certa confusão e cheguei a ver mesmo como contra natura!! Com o passar do tempo comecei a entender um pouco melhor, era a favor do casamento entre homossexuais, mas a adopção, arrepiava-me. Achava que as crianças tinham que ter a referência da mãe e do pai, da família tradicional.

Agora confesso que o que pensava está a mudar rapidamente, e já começo a achar que de facto o que as crianças precisam mesmo é de amor, carinho, estabilidade! Das notícias que mais me chocou foi esta daquele “pai” em França que para castigar o filho de 3 aninhos o meteu na máquina de lavar roupa!!!! Nem tenho palavras para descrever isto! Que espécie de pai faz uma barbaridade destas??!!! E que espécie de mãe é capaz de ver e não fazer nada por medo??!!! Até os animais tratam melhor as crias!!! Tudo isto me revolta e enoja, e me traz instintos de vingança, e de violência que nem imaginava que tinha!!!

Por outro lado, e voltando ao tema inicial, li este fim de semana numa revista, que o casal Eduardo Beauté e Luís Borges agora têm um bébé!!! E só de ver as fotos do casal com o menino, fiquei deliciada!!! O menino é lindo de morrer, e admirei muitíssimo a coragem dos 2, porque além de todas as condicionantes de serem um casal gay, o menino tem trissomia 21!!! Não deve haver assim tantos casais ditos normais a quererem adoptar uma criança destas!!! Acho absolutamente delicioso, este casal ter e dar tanto amor a um “filho”!!!

Agora digam-me, não será preferível esta criança ter todo o amor, carinho, condições e estrutura  familiar e financeira, do que estar desamparada, abandonada ou pior ainda estar a sofrer???!!! (Não estou a dizer que fosse o caso deste bébé específico, ok? É um exemplo.) Podem ver a notícia aqui.

 

Luisinha

8 comentários:

  1. As crianças precisam de amor, sim. E quantos casais ditos "normais" (homem & mulher) tem filhos e não lhes dão amor, que sujeitam as crianças assistirem a discussões, violência e sei lá mais o quê!?
    O que interessa é que o casal, homossexual ou não, dê educação, amor, atenção e tudo o que realmente uma criança precisa para ser feliz.
    Ah, eu sou das que não compreende a homossexualidade assim na sua totalidade e tal mas aceita, pois cada um sabe de si. Compreender e aceitar são coisas distintas e o mais importante é respeitar a diferença seja ela qual for.
    Bj

    ResponderEliminar
  2. A minha opinião é bastante simples, supõe-se que um casal ame uma criança, que cuide, que mime...independentemente de serem homossexuais ou não! E existem tantas a precisar de amor :)

    ResponderEliminar
  3. Há uns tempos escrevi este post...
    http://justcamaleoa.blogspot.com/2011/02/homosexualidade.html

    A minha opinião é: desde que sejam felizes...
    Quanto à adopção fiquei se escrever um post sobre isso.. e, sou totalmente a favor.. antes adoptados que abandonados e infelizes uma vida inteira.
    Sempre tive o sonho de adoptar uma criança.. e espero um dia poder realizar esse sonho.

    Há crianças filhas e filhos dos supostos casais ditos "normais" que são violentamente mal tratados.. que nem há palavras.. e infelizes...

    Sou totalmente a favor..... E aqueles que dizem que os miúdos serão alvo de critica nas escolas, eu pergunto.. Mas, já não são hoje?? Os mais gordos.. os que usam óculos.. os que têm qualquer deficiência... ENfim...
    Este assunto dá pano para mangas... eheh....
    Bjs**

    ResponderEliminar
  4. Olá Vera, partilhamos da mesma opinião, e de facto compreender e aceitar são coisas bem diferentes, eu aceito, mas devo confessar que ainda me custa um pouquinho compreender. Obrigada.

    ResponderEliminar
  5. Olá Nokas. O que é realmente pena é que haja tantas, mas tantas crianças a precisar de amor. E os processos de adoção são muito demorados e burocráticos. Obrigada.

    ResponderEliminar
  6. Olá Camaleoa. Estive a reler o teu post, e é uma verdade mesmo, parece que é mais bem aceite a homossexualidaade feminina do que a masculina, que parece chocar mais. Tens toda a razão quando dizes que as crianças (filhas dos ditos casais normais) já são gozadas nas escolas, e eu que o diga. Obrigada.

    ResponderEliminar
  7. Querida Luisinha, o coração não tem sexo! Sempre utilizei esta frase, para dar a minha definição de amor. Também vi as fotos da reportagem em questão e fiquei deliciada. São corajosos aqueles pais e amam incondicionalmente. E isso é que interessa!
    Gosto de ler as tuas respostas aos comentários, sim! :)

    ResponderEliminar
  8. Querida Turista, gostei muito dessa tua frase: o coração não tem sexo!! É mesmo isso! Obrigada :)

    ResponderEliminar

Vá lá!!! Diz qualquer coisa aqui á menina!! ;))