domingo, 28 de novembro de 2010

Filhos




Na educação de nossos filhos
Todo exagero é negativo.
Responda-lhe, não o instrua.
Proteja-o, não o cubra.
Ajude-o, não o substitua.
Abrigue-o, não o esconda.
Ame-o, não o idolatre.
Acompanhe-o, não o leve.
Mostre-lhe o perigo, não o atemorize.
Inclua-o, não o isole.
Alimente suas esperanças, não as descarte.
Não exija que seja o melhor, peça-lhe para ser bom e dê exemplo.
Não o mime em demasia, rodeie-o de amor.
Não o mande estudar, prepare-lhe um clima de estudo.
Não fabrique um castelo para ele, vivam todos com naturalidade.
Não lhe ensine a ser, seja você como quer que ele seja.
Não lhe dedique a vida, vivam todos.
Lembre-se de que seu filho não o escuta, ele o olha.
E, finalmente, quando a gaiola do canário se quebrar, não compre outra...
Ensina-lhe a viver sem portas.

Parece simples, não?

Luisinha

5 comentários:

  1. Assim até parece fácil...
    Mas assusta-me imenso! Ainda nao tenho filhos mas assusta-me, será que sou capaz?

    ResponderEliminar
  2. parece, mas de simples não tem nada....mas temos mts sorte pk elas são geniais :-)

    ResponderEliminar
  3. Tenho a dizer que adorei este post =)
    A educação é realmente um daqueles assuntos bastante polémicos, mas como futura profissional na área (assim o espero!) não podia estar mais de acordo com essas palavras ;)

    Beijinhos***

    ResponderEliminar
  4. Adorei!
    Obrigada por partilhares.
    Boa semana

    ResponderEliminar
  5. Adorei!

    Parece fácil... mas não deve ser assim tão facil... quando descobrir (está para breve o inicio dessa aventura)conto como é.

    ResponderEliminar

Vá lá!!! Diz qualquer coisa aqui á menina!! ;))